O site Fórum publicou uma série de vídeos em que a atual Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, declara que “sexo entre mulher com mulher” é “aberração”. As imagens seriam de uma palestra em um clínica de “cura para homossexuais”. “Falei de aberração, tu edita isso [no vídeo]”, declara no final, tentando esconder o teor preconceituoso do vídeo.

O discurso claramente homofóbico segue e Damares vocifera sobre identidade de gênero de forma desrespeitosa e absurda: “Se identidade de gênero é aquilo que eu acho que eu sou, eu posso dizer que sou um coelho. Então, o homem tem uma identidade biológica, macho, e tem uma identidade de gênero?”, afirmou.

Em outro momento,  ela diz que a comunidade LGBT está organizada e em conluio com “alguns” partidos políticos. “Meu filho ninguém vai sodomizar!”, grita a ministra. Como se já não bastasse o show de preconceito, ela afirma ainda que quem acolhe homossexuais e travestis doentes é a igreja. “Quem acolhe os travestis e homossexuais doentes somos nós [a igreja evangélica]”.

Pastora da Assembleia de Deus, Damares acrescentou: “Não somos homofóbicos. Nós simplesmente falamos o que entendemos, de acordo com a Bíblia, [sobre] o que é pecado.”


Siga o Superpride no Twitter e no Instagram!


Segundo o portal Fórum, os vídeos foram enviados por uma fonte identificada apenas como “X” e que teria dito ser um dos internos da clínica que prometia a “cura da homossexualidade”. É importante destacar que não é possível confirmar o local e nem quando o vídeo foi gravado.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!