Todo mundo tem aquela fase em que acaba exagerando um pouco na alimentação ou tira um tempo de descanso da academia. E, depois dessa fase, a reação mais comum é acabar querendo tirar o atraso e pegar pesado nos treinos. Mas, se o seu objetivo é perder alguns quilinhos, a nutricionista australiana Jessica Sepel alerta que o excesso de exercícios pode acabar prejudicando a perda de peso.

Em seu site, a nutricionista reconhece todos os benefícios que o exercício físico fornece ao corpo e mente, mas chama atenção para a frequência com que ele é realizado. “O excesso de exercício pode fazer com que o corpo entre no modo de estresse”, afirma Sepel.

Jessica comenta que vê casos de clientes que praticam exercícios todos os dias, e alguns chegam a treinar duas vezes ao dia e ainda assim não conseguem perder peso. E segundo ela, isso pode ter muito a ver com o equilíbrio do sistema nervoso e do sistema hormonal.

A nutricionista explica que quando nos exercitamos demais, ocorre o estresse e consequentemente nossos níveis de cortisol aumentam. E nosso corpo não sabe a diferença entre o estresse do exercício e o estresse normal, não conseguindo diferenciar o que está causando esse aumento de cortisol.

“O alto nível de cortisol não permite que seu corpo possa queimar gordura, pois ele está muito ocupado tentando equilibrar seus sistemas nervosos parassimpático e simpático”, esclarece a nutricionista.

A recomendação de Jessica é que o paciente deixe de lado qualquer culpa que ele sinta e não se pressione para treinar todos os dias de forma intensa. Em contrapartida, sugere que os treinos de alta intensidade sejam intercalados com modalidades relaxantes como yoga, pilates e até mesmo caminhada.

“Um corpo descansado é um corpo saudável e é incrivelmente importante se comprometer a descansar diariamente”, finaliza Sepel.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!