Você já deve ter sido impactado por aquelas propagandas de produtos a base de carvão para clarear os dentes. Na internet tem muita coisa que não presta e é preciso tomar cuidado. Fique sabendo que não existe nenhum artigo científico mostrando alguma ação do carvão sobre a mudança de cor dos dentes.

O produto comercializado pela internet, segundo o fabricante é feito à base de carvão, argila e óleo. Esses ingredientes o tornam muito abrasivo. Por esse motivo ele desgasta qualquer material que possa ficar aderido ao dente ou de maneira mais simples, é possível dizer que ele limpa o dente pelo modo de “desgaste”.

A cor do dente pode ser alterada por partículas que ficam aderidas ao esmalte ou ao biofilme (placa bacteriana), são partículas coloridas de alimentos, café, chocolate, chá, nicotina que afetam a coloração dos dentes. Quando removemos essas partículas, fazemos uma “limpeza” e assim podemos ver a cor natural do dente. Porém, vale o alerta de que devemos ter o cuidado de limpar o dente e não “desgastar” o dente.

No tratamento de clareamento feito pelo dentista, a estrutura do dente é modificada e ele realmente muda o seu tom de cor. O dentista usa produtos químicos que alteram as ligações químicas da estrutura do dente. Esses produtos são usados com critérios para não causar danos à gengiva, ao próprio dente e ao organismo.

Perigos do carvão ativado para os dentes

O desgaste causado pelo carvão ao esmalte é irreversível. Se fizermos alguma experiência desastrosa com nosso cabelo, podemos nos arrepender e chorar. Mas é só esperar um pouco e um novo cabelo substituirá o estrago. Com o dente, não temos uma segunda chance. O esmalte não cresce de novo, o que foi desgastado, ficará assim, ou seja será definitivo.

Existe alguma forma caseira e segura de clarear os dentes?

Existem formas seguras de “limpar os dentes”. A escovação criteriosa com a técnica ensinada pelo dentista, mantém os dentes limpos, brilhantes e saudáveis. No entanto, é possível fazer o clareamento dental com o dentista. O tratamento é realizado com substâncias químicas, que modificam a cor do dente. O principal ingrediente que age no clareamento dental é oxigênio, que é proveniente do peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida.

Como todo procedimento clínico na cavidade bucal, o clareamento deve ser realizado com a técnica correta, cuidadosa e sob a supervisão do cirurgião dentista.

Antes de iniciar o tratamento clareador é imprescindível a realização de um criterioso exame clínico e radiográfico, para verificar os possíveis fatores como cáries e infiltrações, que poderão influenciar na sensibilidade dental durante ou após a aplicação da técnica clareadora.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!