Parem as máquinas! A partir do dia 17 de dezembro, o Tumblr vai banir todo conteúdo adulto da plataforma. O movimento irá retirar as postagens e grupos voltados a pornografia da rede social, que ficou conhecida por permitir esse conteúdo.

“Conteúdo adulto não mais será permitido aqui”, disse o Tumblr em nota nesta segunda-feira (3). A proibição deve afetar fundamentalmente a maneira como a plataforma funciona, na medida que esse sempre foi um “diferencial” do Tumblr entre as redes sociais mais conhecidas.

Fotos, vídeos e GIFs que tiverem conteúdo explícito, como ato sexual, serão deletados. Atualmente esse tipo de conteúdo é liberado na rede social. As exceções serão imagens de estátuas clássicas, protestos e ilustrações que envolvam nudez. Textos não serão afetados pela decisão, o que permite que relatos e contos eróticos ainda possam ser publicados.

O anúncio vem na sequência de denúncias de pornografia infantil na rede social — o que causou a retirada do Tumblr da lista de downloads da App Store. A companhia emitiu nota afirmando que já retirou esse material da rede.

Quando o Tumblr foi comprado pelo Yahoo!, por US$ 1,1 bilhão em 2013, um dos questionamentos dos investidores era por que o Yahoo! estava investindo em uma rede social notória pela grande quantidade de postagens com conteúdo pornô.

Blogs de conteúdo explícito poderão permanecer na plataforma, mas irão sofrer forte censura. O Tumblr irá permitir que o dono desses blogs exportem suas postagens antes que a decisão passe a valer.

Denúncia de pornografia infantil

O aplicativo do Tumblr está fora da lista de aplicativos na App Store, loja de aplicativos da Apple, desde o último dia 16 de novembro. Inicialmente, a razão para o sumiço não estava clara, mas depois de ser questionada por suspeitas de pornografia infantil na plataforma, a rede social divulgou um pronunciamento confirmando o caso.

Em nota, o Tumblr disse que todo conteúdo publicado é filtrado em uma database de material de abuso infantil e que imagens que são detectadas dessa maneira nunca chegam a ser publicadas. “Uma audição de rotina verificou a existência de conteúdo que ainda não havia sido incluído na database da indústria. Nós removemos esse conteúdo imediatamente”, disse o comunicado.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!