Em entrevista ao programa “Pânico”, da Rádio Jovem Pan, desta quarta-feira, 19, o Ronaldo Ésper revelou que foi amaldiçoado por uma tia e virou gay. De acordo com o estilista, que frequenta a Igreja Universal do Reino de Deus, ele foi “curado” pela religião e agora é heterossexual.

“Ela [tia] não gostava de mim”, disse. “Eu passei a vida inteira sendo homossexual por causa dessa maldição, mas eu não gostava”. Além da mudança em seu repertório sexual, Ésper lembrou com saudade de sua juventude durante o regime militar.

“O período militar foi maravilhoso, só apanhava quem era contra”, disse. “Eu era estudante de filosofia e nunca apanhei, não posso me queixar. A juventude acha que foi um terror, mas não foi um terror”.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!