Reynaldo Gianecchini não teve um início de carreira fácil antes de entrar na Globo. Em conversa com Tatá Werneck, no Lady Night, ele revelou que o seu primeiro personagem enfrentou um desafio difícil logo de cara, na peça Cacilda, quando recebeu o convite de um diretor.

Segundo seu relado, o convite o assustou porque ele teria que se masturbar com vários atores em cena. “Foi minha estreia profissional, fui substituir atores na peça Cacilda, e tinha uma cena maravilhosa que era de orgia, onde a Cacilda ia para Nova York fazer uma orgia”, disse.

“Estava todo mundo batendo punheta em cena”, revelou. “Eu só pensava nisso. ‘Caraca, eu vou estrear e o diretor vai querer que eu faça essa cena da punheta. Como é que eu posso chamar papai e mamãe e eu tô lá batendo uma punheta em cena?”, disse ele no Multishow.

“Acabou que eu não fiz a cena porque eu não estava preparado para isso”, contou o ator, que também temia atuar em novelas, mas acabou adorando. Uma pena, não é mesmo?

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!