A policia prendeu, na noite da última terça-feira (25/12), o principal suspeito de ter matado o cabeleireiro Plínio Henrique de Almeida Lima, de 30 anos, na Avenida Paulista, em São Paulo. De acordo com as autoridades, Fuvio Rodrigues de Matos, de 32 anos, confessou ter ofendido e, em seguida, esfaqueado o rapaz. O crime aconteceu na sexta-feira (21).

Antes de ser detido, o autor do crime foi encontrado trabalhando em um hotel localizado no bairro do Paraíso, na zona sul da capital paulista.

Imagens de circuitos externos de lojas da Avenida Paulista flagraram Fuvio no momento em que ofendia Plínio. Segundo o boletim de ocorrência, o cabeleireiro retornava do Parque do Ibiraquera com três pessoas quando foi abordado por dois homens.

Após ofensas contra a orientação sexual de Plínio, que era homossexual, uma das pessoas que acompanhavam o cabeleireiro se irritou e passou a discutir com o suspeito do crime. Ele, então, agrediu o suspeito, que desferiu um golpe de faca no tórax do cabeleireiro.

Os dois homens então fugiram para uma estação de metrô. A vítima chegou a ser socorrida pela equipe médica do Hospital das Clínicas, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!