Libido é o nome que a gente dá ao desejo sexual natural em todos. Ou seja, ele faz parte do ser humano, sendo influenciada tanto por questões físicas, quanto emocionais. Mas, em algumas situações cotidianas, é possível que esse impulso desapareça por completo.  Por isso, saber como aumentar a libido pode ser uma boa solução para os problemas sexuais.

Existem diversos fatores que causam a falta de libido. Portanto, para resolver a redução desse desejo sexual precisamos considerar todos os fatores influenciadores.

Causas da falta de libido

  • Idade;
  • Parceiro muito exigente;
  • Problemas conjugais;
  • Monotonia entre o casal;
  • Problemas financeiros;
  • Disfunções hormonais;
  • Uso de medicamentos hormonais, calmantes, antidepressivos, anticoncepcionais ou anti-hipertensivos;
  • Depressão;
  • Ansiedade;
  • Estresse.

6 dicas para aumentar a libido naturalmente

Ocorrendo temporariamente ou de forma permanente, a perda do apetite sexual gera insegurança e baixa autoestima, isso porque, dependendo da gravidade, compromete também a relação do casal. E, apesar de existirem medicamentos para aumentar a libido, você pode tentar opções mais naturais com efeitos colaterais menores e benéficos quase imediatos. Confira:

1. Pratique exercícios com regularidade

Segundo a terapeuta sexual Leila Cristina, “o exercício melhora todo o sistema cárdio respiratório, dá mais disposição e condicionamento físico”.

2. Tenha momentos de lazer junto com sua/seu parceira/o

Isso porque “compartilhar momentos de descanso e diversão juntos proporciona mais afeto e carinho ao relacionamento”, comenta a especialista.

3. Assista filmes eróticos, leia livros, escreva bilhetes ou contos

Para a terapeuta sexual, essa é uma das melhores maneiras de ativar não apenas a imaginação, mas também as fantasias.

4. Pense em como será sua relação naquele dia

Pense em detalhes como o que você estará usando, como se arrumaria, o que falará. “Dessa forma, o cérebro ficará estimulado, ativando ainda mais a libido”.

5. Estimule seu corpo com um banho demorado

Assim como com uma massagem com creme ou óleo perfumado. “Faça isso também na sua/seu parceira/o e peça para receber essa massagem estimulante”, complementa Leila Cristina.

6. Se exponha à luz solar com bom senso

Diariamente, mas fora das horas de radiação máxima. Segundo a terapeuta sexual “a luz do sol ativa o organismo e todas as funções que podem estar deprimidas ou enfraquecidas”.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!