Um homem transexual foi proibido de permanecer em uma sauna gay de Londres por não possuir um pênis.

O relato, feito pelo transgênero que não preferiu se identificar, foi concedido ao site Gay Star News.

Segundo contou, ele foi até o local na companhia de um amigo e lá permaneceram por cerca de uma hora, até ser convidado por um dos funcionários do estabelecimento a se retirar.

“Eu estava nervoso sobre ser trans já que eu não fiz a cirurgia na parte de baixo, mas fiquei tranquilo [ao olhar no site e ver que não havia restrições a trans masculinos]”, disse ele.

Ao tentar argumentar com o funcionário de que ele é, sim, do sexo masculino, apresentando inclusive documentos que comprovam sua masculinidade, o empregado manteve-se firme em sua posição afirmando que ali era um “espaço masculino”.

Ao Gay Star News, a sauna disse que na ocasião a direção do local foi informada que havia “uma mulher” no espaço. Por fim, a assessoria ressaltou que o cliente foi ressarcido e disse que “homens transexuais são bem-vindos em nossa sauna”.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!