O deputado do PSL, Jesse de Faria Lopes, que vai assumir uma das cadeiras da Assembleia Legislativa de Santa Catarina a partir de 2019, tem questionado se o Brasil deveria aprovar lei similar à Rússia para proibir beijo gay em público.

Nas suas redes sociais, Faria Lopes citou um protesto que estava sendo organizado por membros da comunidade LGBT para realizarem um “beijaço” em frente à residência de Jair Bolsonaro, ao colocar a opção de vetar manifestações de afeto entre pessoas do mesmo sexo em locais públicos.

“Manifestação que está sendo organizado para domingo em frente a casa do Bolsonaro. Ativistas que exiges (sic) respeito sem se dar o respeito. Na Rússia, o beijo gay em PÚBLICO é proibido por lei, no intuito de preservar a inocência das crianças. Você seria a favor de uma lei como esta no Brasil? Vote e deixe seu comentário”, escreveu o deputado em sua conta no último dia 26.

Após a repercussão da postagem, Jesse excluiu-a. No entanto, de acordo com um print que circula nas redes sociais, é possível ver que dos mais de 9 mil votos, 82% se mostraram contrários à proposta.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!