O horário de verão traz consigo dias mais longos e ensolarados, mas também maior exposição à radiação solar nociva. Neste cenário, é imprescindível redobrar os cuidados com a pele do rosto para não sofrer com ressecamento e aparecimento de manchas. “Nesta época do ano a exposição aos raios ultravioletas aumentam com a maior realização de atividades ao ar livre e, como a pele facial é diferente da do corpo, pois a concentração de glândulas sebáceas é maior, é necessário um cuidado extra para evitar problemas futuros, como ressecamento, manchas e até câncer de pele”, explica Thaís Carvalho, fisioterapeuta dermato-funcional da ONODERA Estética.

Abaixo, Thaís separou algumas recomendações diárias que ajudam a aproveitar os dias mais claros sem comprometer a cútis. Confira:
Não esqueça o protetor solar – Os raios solares são alguns dos principais causadores de manchas na pele do rosto. Vale ressaltar que o produto deve ser específico para o rosto, com fator FPS no mínimo 30, e reaplicação de duas em duas horas. Em casos de contato com a água, suor, piscina ou mar, a reaplicação deve ser feita em seguida.

Fique atento ao horário – Durante todo o ano, a exposição solar deve ficar restrita entre 10h e 16h, horário em que os raios UVB estão mais intensos. No horário de verão, portanto, esse período ocorre entre 11h e 17h.

Tenha uma alimentação balanceada – Evite ingerir alimentos gordurosos, industrializados, repletos de sódio e de açúcar. Além de aumentarem a oleosidade da pele, eles causam inchaço, dificultando a eliminação de toxinas do organismo e piorando o equilíbrio do intestino, o que pode resultar no surgimento de acnes e de espinhas. Prefira sempre alimentos naturais, como sucos batidos na hora, frutas, saladas e legumes fresquinhos, carnes brancas e produtos integrais.

Redobre a hidratação – Assim como nosso organismo, a pele também precisa de muita hidratação, que deve ser feita de duas maneiras: a primeira é de dentro para fora. Por isso, beba bastante água. Além de ajudar a amenizar peles oleosas, garante a eliminação de toxinas que podem causar inflamações na derme. A segunda é a hidratação tópica. Procure o hidratante ideal para o seu tipo de pele e aplique duas vezes ao dia. É muito importante que uma delas seja logo após o banho, quando os poros estão abertos e irão absorver muito mais os componentes necessários de nutrição. “Um ótimo aliado nesse período é o ONOHIDRAT, tratamento que atenua o aspecto desvitalizado, devolvendo ao manto hidrolipídico (secreção natural que que promove a adequada hidratação cutânea) nutrientes que favorecerão a uniformidade. Para obter um bom resultado, recomenda-se o mínimo de 6 sessões com duração de 1h30”.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!