Depois dos 30 anos, o inchaço começa a ser um incômodo cada vez mais frequente. Às vezes, ele é sintoma de doenças graves, mas na maioria dos casos, surge por conta dos sais que vão se acumulando no corpo com o passar dos anos, ou por transtornos na circulação venosa e linfática.

Caso, ao acordar pela manhã, você perceba que suas pálpebras estão inchadas e apareceram bolsas sob os olhos, provavelmente o quadro foi causado por uma alteração na circulação venosa da cavidade craniana.

Por que os olhos ficam inchados?

Pálpebras inchadas geralmente indicam uma obstrução no fluxo de sangue: o corpo não excreta líquido em tempo hábil e fica acumulado na área dos olhos. Para entender a causa disso, precisamos entender um pouco mais sobre anatomia.

Como se sabe, o fluxo venoso da cavidade craniana é feito através das veias jugulares que passam através do forame jugular. Esse orifício fica na base do crânio e é formado pelo encontro do osso temporal com o occipital. Em momentos de forte tensão, em que, por exemplo, apertamos nervosamente os dentes, o osso temporal se inclina para a frente, e a abertura jugular é comprimida. Em consequência, o diâmetro da veia diminui, desacelerando o fluxo do sangue.

O que fazer?

Para que o osso temporal volte à posição normal e o fluxo sanguíneo seja normalizado, é preciso relaxar os músculos faciais. Para tanto, coloque as pontas dos dedos nos dentes inferiores, empurre a mandíbula para baixo e permaneça nessa posição por cerca de dois minutos.

 

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!