Seja por uma simples vontade ou, quem sabe, por indicação médica. O fato é que fazer sexo faz muito bem pra saúde, melhora a nossa pele, promove o bem estar e, inclusive, contagia as pessoas que estão ao nosso redor, que também são premiadas com a melhora do nosso humor.

Mas será que você conhece realmente todos os benefícios que o sexo traz para as nossas vidas? Confira!

Fazer sexo ajuda você a respirar melhor

Boa notícia para os asmáticos: fazer sexo é como mergulhar em uma piscina de anti-histamínico, o que, por sua vez, melhora a qualidade da sua respiração e diminui os efeitos da asma.

Você fica com uma aparência mais jovem

Deixe de lado os cremes que prometem rejuvenescer sua pele e aposte em uma bela rodada de sexo, se tiver como. Um estudo envolvendo 3.500 pessoas com idades entre 18 e 102 anos descobriu que pessoas que faziam sexo tinham menos níveis de estresse, demonstravam maior contentamento com a vida, dormiam bem e aparentavam ser mais jovens. Ou seja: bora!

Seu corpo se defende melhor de algumas doenças

Manter uma rotina sexual de uma ou duas vezes por semana aumenta em 30% a sua produção de imunoglobulina A, que faz com que seu sistema imunológico trabalhe superbem. Além disso, já é sabido que uma vida sexual ativa diminui seus riscos de desenvolver alguns tipos de câncer, doenças cardíacas e, inclusive, de ter um derrame. Como se isso já não fosse bacana o suficiente, fazer sexo também ajuda você a se livrar daquela gripe chata.

Fazer sexo queima calorias

Isso você já deveria saber, né? Mas vamos aos números, então: depois de 20 minutos de ação entre os lençóis, você já vai ter queimado cerca de 100 calorias, o que já é bastante coisa, viu.

A dor vai embora

Aqui a dica é para as mulheres mesmo: estímulos vaginais acabam por aumentar a tolerância à dor, e estimular o clitóris especificamente é o mesmo do que tomar um analgésico. Isso vale especialmente para cólicas menstruais, dores de artrite e dor de cabeça.

Fazer sexo com frequência aumenta sua expectativa de vida

Olha só que coisa boa: um estudo galês revelou que o risco de morte em homens que fazem sexo pelo menos duas vezes por semana é 50% menor em relação aos que não têm uma vida sexual muito ativa. A pesquisa contou com dados relacionados a idade, classe social e tabagismo, mas mesmo assim ficou claro que quanto mais a pessoa faz sexo, melhor.

Aquela sensação de bem-estar vem para ficar

Quando o sexo é bom para todos os envolvidos, o que fica depois do ato é aquela sensação de felicidade e bem-estar que a gente tanto gosta. Uma pesquisa realizada nos EUA com mais de 1.800 pessoas descobriu que o orgasmo promove uma grande liberação de ocitocina e endorfina, que são substâncias sedativas. É por isso que depois do sexo com orgasmo as pessoas ficam com sono e se sentem bem.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!