O ex-BBB Mahmoud Baydoun comparttilhou uma foto com o bumbum de fora diante da bela paisagem de Guajará-Mirim, em Rondônia, nesta segunda-feira (1), mas recebeu ataques homofóbicos como ele mesmo contou em um novo post. Alguns seguidores o chamaram de “viado” e “queima-rosca”, mas isso não o ofendeu.

“Rindo muito das pessoas me chamando de ‘queima-rosca’ e ‘viado’ nos comentários da foto de ontem como se fosse uma novidade para mim ou como se fosse algo do qual eu tenha que me envergonhar. Eu tenho muito orgulho da minha orientação afetivo-sexual. Vergonha eu sinto das pessoas que se escondem por trás das telinhas dos celulares para disseminar o ódio e vivem em casamentos forjados porque não têm coragem para ralar fora do armário e assumir o que são”, apontou.

O sexólogo, que participou do Big Brother Brasil 18, ainda deixou uma mensagem para que essas mesmas pessoas consigam vivenciar suas respectivas sexualidades com prazer.

“Eu sou muito feliz com meu corpo, com minha sexualidade! Espero que eu queime cada vez mais roscas assim como espero que todas as pessoas consigam vivenciar a sexualidade da forma que mais lhes traga prazer e conforto sem tabu, sem amarras e sem recalque. Fim do post”, escreveu.

Entre os comentários, vários homens e mulheres chamaram a atitude de “nojento” e “ridículo” e outros seguidores homofóbicos atacaram diretamente o próprio ex-brother.

“Ridículo! Não vejo a hora de Bolsonaro ganhar logo manda você pro céu, bicha enrustida. Você e o Pabllo Vittar são os primeiros da lista”, dizia um dos seguidores.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!