O que se deve fazer em caso de câimbra é alongar o músculo afetado e, por isso, o exercício de alongamento deve ser diferente para cada tipo de câimbra, dependendo se aparece nas pernas, nos pés, nas mãos ou na panturrilha. Após fazer o alongamento, é aconselhado fazer uma boa massagem no músculo dolorido para reduzir a inflamação e a trazer alívio do desconforto.

A câimbra é um espasmo muscular, ou seja, uma contração involuntária de um ou mais músculos, que pode acontecer após os exercícios intensos, durante a noite ou a qualquer momento, em caso de desidratação ou falta de magnésio, por exemplo. O espasmo muscular é forte e não pode ser controlado de forma voluntária, e no momento em que acontece a câimbra os músculos ficam repuxados e há intensa dor e necessidade extrema de solucionar o problema imediatamente.

Como eliminar a câimbra na hora

A melhor estratégia para eliminar uma câimbra no momento em que ela aparece é forçar o músculo na direção contrária da câimbra, realizando um alongamento forçado do músculo. Para isso é necessário usar as mãos para puxar os pés na direção contrária à câimbra, ou pedir para outra pessoa realizar este movimento. Veja a seguir, o que pode ser feito nas situações nos tipos de câimbra mais comuns:

1. O que fazer para câimbra na perna

No caso de câimbra na perna, o que se deve fazer para aliviar a dor é:

  • Câimbra na frente da coxa: ficar de pé e dobrar a perna afetada para trás, segurando no pé e mantendo essa posição por 1 minuto.
  • Câimbra atrás da coxa: sentar no chão com as pernas esticadas e dobrar o corpo para a frente, tentando tocar com os dedos das mãos nas pontas dos pés e ficar nessa posição por 1 minuto.

2. O que fazer para câimbra no pé

Quando os dedos ficam virados para baixo, pode-se colocar um pano no chão e colocar os pés em cima do pano e depois puxar o topo do pano para cima e manter essa posição por 1 minuto. Outra opção é sentar com a perna esticada e segurar a ponta dos pés com as mãos, puxando os dedos na direção contrária à câimbra.

3. O que fazer para câimbra na panturrilha

A câimbra na ‘batata da perna’ pode não afetar os músculos dos pés, e nesse caso, o que se pode fazer é ficar de pé a cerca de 60 cm de uma parede e manter os pés apoiados no chão, e inclinar o corpo para frente, o que provoca um alongamento da panturrilha. Sentar no chão com a perna esticada e pedir a outra pessoa para segurar seu pé e forçar seus dedos para frente. Permanecer nessa posição durante 1 minuto.

4. O que fazer para câimbra na barriga

Uma boa forma para aliviar a câimbra na barriga é:

  • Câimbra nos abdominais: deitar de barriga para baixo, colocar aos mãos ao lado do corpo e depois esticar os braços, levantando o tronco, como mostra a imagem. Permanecer nessa posição durante 1 minuto.
  • Câimbra no lado da barriga: ficar de pé, esticar os braços por cima da cabeça, entrelaçando as mãos, e depois dobrar o tronco para o lado contrário da câimbra, mantendo esta posição por cerca de 1 minuto.

5. O que fazer para câimbra na mão ou dedos

A câimbra nos dedos da mão vira os dedos para a palma da mão de forma súbita e nesse caso o que se aconselha fazer é colocar a mão aberta sobre a mesa, e segurar o dedo com câimbra e vira-lo no sentido contrário. Outra opção é segurar com a mão oposta à câimbra, todos os dedos, como mostra a imagem. Permanecer nessa posição durante 1 minuto.

Alimentos para combater as câimbras

A alimentação também ajuda a tratar e a evitar as câimbras e por isso deve-se investir nos alimentos ricos em magnésio e vitamina B, como a castanha do pará. Além disso, também é preciso beber mais água porque a desidratação também é um dos causadores das câimbras. Saiba mais detalhes nesse vídeo com a nutricionista Tatiana Zanin:

Quando as câimbras surgem mais de 1 vez por dia ou demoram mais de 10 minutos para passar é recomendado consultar o clínico geral para iniciar o tratamento adequado, que pode incluir suplementos de potássio ou magnésio, por exemplo. As câimbras são mais comuns na gravidez, mas deve-se informar o obstetra sobre esse fato, porque pode ser preciso tomar um suplemento alimentar de magnésio, durante alguns dias, por exemplo.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!