Quem diz que todo pênis é igual está completamente enganado. Existem vários estilos e formatos de pênis, mas isso é muitas vezes ignorado já que para boa parte dos homens a maior preocupação é com o tamanho e não com o formato do membro – mesmo já existindo pesquisas que indicam que a circunferência é mais importante que o comprimento na hora de dar prazer a uma mulher.

Por essa e por outras, além do comprimento, também é importante analisar os formatos de pênis . Em entrevista ao portal britânico “Daily Mail”, o médico e diretor administrativo de uma empresa varejista de acessórios para disfunção erétil, Darren Breen, revelou que existem sete tipos de pênis.

Os formatos de pênis mais comuns

Breen chegou a essa conclusão depois de atender muitos pacientes e ver, em média, de 400 a 600 pênis por mês. Ao ver tantos pênis, ele conseguiu encontrar denominadores comuns entre os formatos.

1. O lápis

Segundo o especialista, o pênis lápis é aquele que tem uma longa e fina circunferência e uma glande estreita (cabeça do pênis mais pontuda). “O comprimento pode variar consideravelmente, mas costuma ser muito longo e geralmente mais fino que a média”, explica.

2. O pimentão

O pênis pimentão é descrito por Breen como aqueles que são extremamente curtos (medindo de 7,5 a 10 centímetros), entretanto são membros grossos.

3. O cone

Esse formato é visto pelo especialista como um dos mais problemáticos. “O cone tem um estreitamento linear partindo do eixo, como a ponta de um lápis. Às vezes, isso está ligado a fimose ou aperto do prepúcio, e é algo restritivo que acaba constringindo a expansão normal da cabeça do pênis, ou seja, a base é larga e ele vai afinando até chegar à ponta.”

4. A banana

Conforme Breen explica, o pênis em forma de banana é aquele que apresenta uma curva para a esquerda ou para a direita, e o especialista aponta que pode ser um aspecto natural ou ter esse formato devido a uma lesão.

“Isto pode ser uma curva congênita, então o homem nasce com ela ou a adquire pela chamada doença de peyronie. Cerca de 7% dos homens sofrem com um episódio de peyronie em algum momento da vida, e isso é causado pelo desenvolvimento de um tecido cicatricial que se acumula após uma lesão e pode levar a uma deformidade lateral”, explica o profissional.

5. O martelo

O pênis em formato de martelo é aquele que possui um eixo mais fino e a cabeça bem mais larga. “Esse pênis possui uma base estreita e uma glande muito larga. Devido ao formato, é difícil que esse tipo de pênis fique apontado para cima quando está ereto, a gravidade faz o membro dar uma abaixada. Como a glande é incomumente larga, é comum a cabeça do pênis parecer um cogumelo”, diz o médico.

6. A salsicha

Essa é a forma mais comum de pênis , segundo o médico. “Este é aquele membro de espessura e comprimento médio, com uma circunferência uniforme ao longo de todo o comprimento. É um formato de pênis bastante típico”, afirma o especialista.

7. O pepino

O último dos formatos de pênis listados por Breen é o pepino, ou seja, quando o membro é mais grosso do que a média padrão, chegando a ter de 12,7 cm a 20 cm de circunferência. Já o comprimento costuma estar dentro da média padrão.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!