Mesmo em um mundo conectado como o nosso, é comum que as pessoas se sintam sozinhas. Se você está passando por isso, saiba que há diversos modos de lidar com a solidão. No texto de hoje, nós reunimos 7 conselhos. Olha só:

DESCUBRA A RAZÃO PELA QUAL SE SENTE SOLITÁRIO

Nós não nos sentimos solitários apenas porque estamos desprovidos de companhia. Não é incomum estarmos cercados de pessoas e, ainda assim, nos sentirmos tristes e desolados.

Para combater o sentimento de solidão, devemos começar fazendo a seguinte pergunta a nós mesmos: o que está faltando? Depois, é hora de se aprofundar um pouco mais no tema:

  • Quais os motivos que o levam a se sentir assim?
  • A carreira que escolheu não permite que conviva constantemente com outras pessoas?
  • Você mora muito longe de seus familiares?
  • Você possui algum tipo de ansiedade social?
  • Ao desvendar as razões por trás de seus sentimentos, você terá bem mais facilidade para lidar com eles, então este precisa ser o primeiro passo.

APAIXONE-SE PELA SUA COMPANHIA

Uma das maneiras mais efetivas de combatermos o sentimento de solidão é desenvolver uma maior afeição pela nossa própria companhia.

Ao fazer isso, deixamos de colocar uma expectativa alta demais nas outras pessoas — e de atribuir a elas a responsabilidade pela nossa felicidade. Como resultado, é comum que o nosso relacionamento com elas até melhore.

E qual é o caminho para se apaixonar pela sua própria companhia? Comece saindo sozinho uma vez por semana. Vá a um restaurante, ao cinema, ao parque, a um museu, a um espetáculo – o que quer que desperte o seu interesse. Os resultados são praticamente imediatos.

DESENVOLVA UMA ATITUDE POSITIVA E OTIMISTA

Muitas vezes, as experiências negativas que tivemos no passado fecham os nossos corações e os nossos horizontes. Trata-se de uma tendência natural: se fomos prejudicados ou traídos por alguém anteriormente, a ideia de voltar a confiar em outra pessoa é difícil.

Isso acontece porque estamos naturalmente condicionados a tentar evitar ao máximo a repetição de uma dor que já experimentamos. No entanto, essa atitude muitas vezes nos impede de criar vínculos sociais – e essa ausência de vínculos é um dos principais motivos que causam a solidão.

São muitos os benefícios da adoção de uma atitude mais positiva em relação à vida. Em primeiro lugar, isso vai suavizar o impacto e as consequências dos traumas passados, mantendo a nossa mente focada no presente e permitindo que nos concentremos nele com energia e determinação. Isso também diminui os sentimentos de ansiedade e de preocupação que nutrimos quanto ao futuro.

FAÇA CURSOS SOBRE ASSUNTOS QUE TE INTERESSEM

Cursos costumam desenvolver o nosso intelecto, aprimorar o nosso currículo e expandir a nossa rede de contatos, mas isso não é tudo! Eles também permitem que conheçamos pessoas que possuem interesses parecidos com os nossos, oferecendo a chance de criarmos relacionamentos frutíferos e, por vezes, até mesmo duradouros.

A oportunidade de interagir em uma base diária ou semanal com indivíduos com os quais dividimos interesses, paixões e valores consiste em um dos melhores antídotos contra a solidão.

PASSE ALGUM TEMPO LONGE DAS REDES SOCIAIS

Várias pesquisas indicam que as redes sociais fazem com que as pessoas se sintam mais solitárias do que o normal. De maneira geral, elas também tendem a abalar a nossa autoestima. Portanto, passe algum tempo afastado das redes sociais. Por mais que a tecnologia seja essencial em nossas vidas — e por mais que permita que mantenhamos contato com pessoas com quem não podemos nos encontrar com frequência — as experiências pessoais de contato são bem mais preciosas do que as digitais.

LEIA BASTANTE

Poucas coisas são tão efetivas para combater os sentimentos de solidão quanto uma boa leitura. Os livros, contanto que não prejudiquem a nossa vida social, nos mantém entretidos e nos levam a um novo mundo. A leitura é uma excelente maneira de ampliar seus horizontes. Como disse o escritor Mario Vargas Llosa, no livro A tentação do impossível: “As ficções existem (…) porque temos somente uma vida e os nossos desejos e fantasias nos exigem ter mil“.

AJUDE AS PESSOAS

“Se você quiser que os outros sejam felizes, pratique a compaixão. E se você quiser ser feliz, também pratique a compaixão”, disse Dalai Lama. Fazer o bem ao próximo podem ajudá-lo a se sentir mais feliz e a aprender a cultivar uma maior dose de gratidão no que se refere à sua própria vida. Isso também fará com que se sinta menos solitário.

Não importa muito o que você fará para ajudar uma outra pessoa – sorrir e ser amigável, doar um item que não tem mais utilidade para você, fazer uma visita a um asilo, comprar um alimento para um morador de rua. Há inúmeras maneiras de utilizar os seus talentos e os seus conhecimento de modo a exercer uma influência positiva na vida de outras pessoas.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!