Um zoológico da Dinamarca foi palco de um drama familiar.

Os envolvidos na trama são um casal de pinguins gays, um bebê pinguim e seus pais, acusados de abandoná-lo.

A história aconteceu na cidade de Odense, no sudeste do país, onde uma cuidadora do zoológico teve de intervir para evitar que algum dos envolvidos saísse machucado.

Tudo começou na terça-feira, quando um casal gay de pinguins adotou um filhote diante do descuido dos pais.

“Acredito que a fêmea tenha saído para tomar banho, então, seria a vez do macho tomar conta da cria”, disse a cuidadora Sandie Hedegard à cadeia de televisão dinamarquesa DR.

Hedegard conta que, dada a distração do pai, o casal de pinguins gays decidiu levar o filhote.

“Esperava que os pais chegassem e exigissem seu filho de volta”, diz a cuidadora. “Mas o macho vagava como se não tivesse um filho, ainda que a fêmea parecesse procurá-lo um pouco.”

No dia seguinte, os pais finalmente reagiram e resgataram o bebê.

Um vídeo gravado por Hedegard mostra o momento em que os pais enfrentam o outro casal para recuperar o filhote.

Nas imagens, os pinguins grasnam e agitam os corpos enquanto o casal gay parece esconder o recém-adotado.

Tudo isso acontece enquanto outros pinguins observam a cena.

Depois de alguns instantes, Hedegard intervém e pega o filhote para devolvê-lo a seus pais.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!