O rapper Ne-Yo comentou em entrevista ao site TMZ sobre as manifestações LGBTfóbicas que existem dentro da cultura hip-hop, na qual acredita que precisa de mais esforço para acolher membros da diversidade.

“Se o rap não está abraçando [as pessoas LGBT], é o único espaço que não abraça. Quero dizer: eles estão aqui, não vão sair daqui e merecem o mesmo respeito”, afirmou.

O cantor ainda contou como age quando se depara com pessoas preconceituosas, quando alega dizer: “Se quer ser ignorante, seja ignorante. Isso está em você. Porém, deste lado aqui, nós seremos iluminados e acolhedores”, explicou.

Ne-Yo vê o atual discurso pró-LGBT como uma reivindicação de igualdade. “É tudo sobre igualdade nesse momento, cara. Nós todos estamos nessa merda juntos. Temos que ter certeza que essa coisa não vai explodir. Ou explodir um presidente bundão”, disparou.

Apesar de ser alvo de inúmeras notícias sobre o assunto, o artista sempre negou ser gay. Em entrevista, ele disse acreditar que o questionamento ocorre porque não costumar se envolver em confusões. “Eu acho que pensam que eu sou gay, porque eu nunca bati em ninguém”, declarou.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!