Um jovem de 13 anos teve que passar por uma cirurgia pouco convencional na China após tentar colocar um cabo USB no próprio pênis. Exatamente isso que você acabou de ler… Ele colocou o cabo na uretra e conseguiu introduzir cerca de 10 cm antes de precisar ser levado a um hospital.

Lá, os médicos tentaram fazer a remoção com lubrificante, mas ficaram com medo de causar alguma lesão interna e levaram o garoto até uma sala de raio-x, onde exames mostraram que 10 cm do cabo estavam alocados no rapaz e um “nó morto” já estava formado. Por causa disso, decidiram que a cirurgia seria a única forma de remover o cabo sem machucá-lo ainda mais.

Por sorte, o garoto havia cortado a ponta do cabo e isso fez com que a remoção se tornasse mais fácil — apesar de estarmos imaginando que seria impossível fazer a introdução se a ponta estivesse no cabo, então talvez isso não seja algo muito positivo também. De acordo com o site espanhol ABC, o cabo foi removido e o garoto teve alta para seguir sua vida normal (“se é que podemos chamar assim”, nas palavras dos espanhóis).

O que ninguém conseguiu explicar ainda é uma coisinha só… POR QUÊ?

(Via Tecmundo)

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!