Quem pratica atividade física para ganhar massa magra, ficar com o corpo forte e enrijecido certamente já ouviu que precisa inserir alimentos ricos em proteínas na dieta. “Isso é necessário, pois os aminoácidos, que constituem as proteínas, proporcionam o crescimento e a reparação de tecidos – o que inclui a massa muscular. Esses nutrientes também atuam no metabolismo celular e na contração dos músculos”, explica a Dra. Renata Domingues, médica especializada em Nutrologia, diretora responsável da Clínica Adah e vice-presidente da Associação Brasileira de Nutrologia Médica (Abranutro). “Por isso, é comum o consumo de ovo, batata doce e frango por quem adota uma rotina fitness. Mas é possível ir bem além desse cardápio para ganhar massa muscular com muita saúde”, acrescenta.

De acordo com a médica, não é só a proteína que é determinante para criar um corpo firme e definido. “Também é essencial inserir na dieta alimentos ricos em carboidratos (que fornecem energia para realizar as atividades) e gorduras saudáveis (que ajudam na perda de massa gorda)”, diz a médica. Os vegetais também são importantes, porque contêm vitaminas e minerais, que ajudam na recuperação do organismo depois dos exercícios.

De forma geral, a médica destaca que a rotina alimentar para garantir um corpo malhado e bem firme deve priorizar os seguintes alimentos: Feijão com arroz; Tofu; Frango: Ovo; Quinoa; Iogurte natural; Massa integral; Água (no mínimo 2 litros por dia); Peru; Salmão; Linhaça; Brócolis; Espinafre; Aveia; e Chá verde.

A médica ainda enfatiza que, mesmo com o melhor dos treinos na academia ou gastando fortunas com os melhores e mais caros suplementos, os resultados não vão aparecer se você não seguir uma boa alimentação, bem orientada com foco nos seus objetivos de ganho de massa muscular. “Por isso, procure sempre orientação médica para saber como adequar sua rotina e comer o ideal para ter bons resultados”, finaliza a Dra. Renata.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!