Por incrível que pareça, apesar de estarmos no século 21, a ignorância de muita gente parece não ter limites. Principalmente quando se trata de meter o bedelho na sexualidade alheia. Desta vez, a piada do século fica por conta de uma senhora que mora em Ohio, nos EUA.

Jillian Epperly, de 44 anos, afirma que beber um galão de uma mistura de sal, água, couve ou repolho, fermentada em temperatura ambiente por alguns dias, pode curar a homossexualidade.

E não para por aí! Ela ainda firma que o “suco” pode reverter o processo de envelhecimento, autismo e síndrome de Down, além de fazer uma transformação benéfica em todos os membros e órgãos.

Quanto a “origem” da homossexualidade, ela diz que está num parasita intestinal chamado “Candida”, e recomenda o suco como a solução. “Tenho orgulho de ser uma líder de um culto de cocô”, brincou ela em um post em sua página no Facebook.

Vale ressaltar que Epperly não cursou medicina e não tem nenhuma formação na área da saúde. Apenas resolveu disseminar absurdos nas suas redes sociais que, acredite você, tem milhares de seguidores.

Entretanto, devido às postagens em sua página no Facebook, principalmente, disseminando informações falsas sobre saúde e sexualidade humana, ela está sob investigação da Procuradoria Geral de Ohio.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!