O vereador Cláudio Castro (PSC), que atua no Rio de Janeiro, deu um belo exemplo de até onde pode chegar a falta de argumentos e a ignorância humana quando se quer justificar o injustificável.

Durante uma votação de um projeto de lei da vereadora assassinada Marielle Franco, que propunha ajudar no combate a homofobia e transfobia, ele resolveu justificar seu voto contra a proposta, questionando o preconceito contra os gagos.

“Hoje, existe uma discussão muito concentrada apenas em uma camada da população que sofre discriminação. Esse debate tem que ser ampliado. Existem outros preconceitos, como o contra gagos” exemplificou.

Agora, a pergunta que não quer calar: será que gagos andam sendo espancados nas ruas por serem gagos? Será que Dandara, assim como tantas outros LGBTs foram mortos por serem gagos?

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!