Hoje, dia 17 de maio, é Dia internacional Contra a Homofobia. Um dia muito importante para a comunidade LGBT, para lembrar todos os avanços conquistados e, também, refletir sobre o quanto ainda há para lutar.

Segundo um relatório elaborado pela Associação Internacional de Gays e Lésbicas, com dados atualizados até 2016, existem atualmente 72 países onde a homossexualidade é criminalizada. Em 13 deles, o crime pode ser punido com pena de morte e, em muitos dos outros, pode render cadeia. Você pode baixar o documento completo aqui.

Países em que você pode ser condenado à morte por ser gay: Sudão, Irã, Arábia Saudita, Iêmen, Mauritânia, Afeganistão, Paquistão, Qatar, Emirados Árabes Unidos, Iraque, partes da Síria, partes da Nigéria e partes da Somália.

Países em que é ilegal ser gay e você pode ser preso:

África (33 nações; em 24 a lei se aplica a mulheres)

Argélia, Angola, Botswana, Burundi, Camarões, Comores, Eritreia, Etiópia, Gambia, Gana, Guiné, Quênia, Libéria, Líbia, Malaui, Mauritânia, Maurício, Marrocos, Namíbia, Nigéria, Senegal, Serra Leoa, Somália, Sudão do Sul, Sudão, Suazilândia, Tanzânia, Togo, Tunísia, Uganda, Zâmbia e Zimbabwe.

Ásia (23 nações; em 13 a lei se aplica a mulheres)

Afeganistão, Bangladesh, Butão, Brunei, Gaza (no território palestino ocupado), Índia, Sumatra Meridional e Província de Achém (na Indonésia), Iraque, Irã, Kuwait, Líbano, Malásia, Ilhas Maldivas, Myanmar, Omã, Paquistão, Qatar Arábia Saudita, Singapura, Sri Lanka, Síria, Turcomenistão, Emirados Árabes Unidos, Uzbequistão e Iêmen.

Américas (11 nações; em 6 a lei se aplica a mulheres)

Antígua e Barbuda, Barbados, Belize, Dominica, Granada, Guiana, Jamaica, São Cristóvão e Névis, Santa Lúcia, São Vicente e Granadinas e Trinidade & Tobago.

Oceania (6 nações; em 2 a lei se aplica a mulheres)

Ilhas Cook (associadas à Nova Zelândia), Kiribati, Papua Nova Guiné, Samoa, Ilhas Salomão, Tonga e Tuvalu.

Com informações do Mundo Estranho.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!