Conhecido por ser um dos católicos mais conhecidos de São Paulo, o padre Júlio Lancelloti, de 69 anos, deu um show de amor ao próximo durante o feriado de Páscoa.

O padre, que é sacerdote da Igreja de São Miguel Arcanjo, na Mooca, protagonizou uma cena digna de filme ao pedir perdão para Sheila, uma transexual que acompanhava a Via Sacra do Povo da Rua, organizada por uma Pastoral de SP.

“Sei o quão vulnerável ela é, e para muitas pessoas, censurável. Quis demonstrar a todos que Deus a ama do jeito que ela é, o que vale para todas as pessoas”, disse o padre ao Jornal Extra.

Aos 69 anos de idade, o padre mostrou-se mais cabeça aberta que muita gente que vive socada dentro de igreja e/ou templos e usam o nome de Deus para mascararem seus preconceitos. Jesus deixou uma única mensagem ao mundo: ame ao próximo como a si mesmo.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!