A arrogância faz parte da personalidade de muita gente. Para falar a verdade, quase todos nós temos nossos picos de arrogância. Por isso, conforme explica a psicóloga Maura de Albanesi, devemos nos atentar sempre que começamos uma discussão. “Muitas vezes já começamos o assunto como se a nossa razão fosse de fato a realidade e então nos fechamos para pensamentos que poderiam vir a acrescentar”, explica.

A profissional ainda explica, como a personalidade costuma falar mais alto em um embate de ideias. “É muito comum as pessoas brigarem mais por quem tem razão do que para encontrarem uma solução para o problema. Quando não conseguimos convencer os outros da nossa razão, nos sentimos diminuídos, desqualificados… e vamos nos retraindo e não expondo mais as ideias. E você começa a se ofuscar”, comenta.

Segundo a especialista, uma boa dica é começar a exercitar a ideia de que nenhum de nós é dono da razão. “Na hora de uma discussão, é importante que a gente coloque nossa maneira de ver, sem o argumento típico ‘eu tenho razão, eu sei’ porque isso impede que a gente venha a compreender, a trocar e a resolver o problema”, orienta.

E, para finalizar, a psicóloga explica que devemos eliminar do nosso vocabulário aquela famosa frase: “Eu aviei”, afinal, normalmente, ela é dita em momentos de tensão.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!