Nesta semana, alguns jovens transexuais que participaram do curso de Desenvolvimento Web, pela realizado pela CA Technologies, com apoio da ONG Gerando Falcões e do Instituto Ariadne, receberam seus certificados de conclusão e participação.

A iniciativa visa contribuir e incentivar a inclusão da diversidade no mercado de tecnologia. Este projeto-piloto, com o público trans, incluiu 36 horas de atividades com conceitos básicos do desenvolvimento em web e princípios da programação, para jovens do programa Transcidadania, da Prefeitura de São Paulo.

“A diversidade não deve existir apenas pelo desenvolvimento econômico, ela é necessária para que a sociedade tenha mais oportunidades, para que nossos filhos não precisem resolver problemas sociais de década passada”, comenta Alexandre Scaglia, Diretor de Comunicação e Responsabilidade Social Corporativa para América Latina da CA Technologies. “Nossos esforços em educação e preparação profissional são ações iniciais para aumentar a diversidade no mercado de trabalho de tecnologia, um setor onde os homens são maioria. E nem sempre foi assim”, complementa.

E detalhe, o projeto já está rendendo frutos e auxiliando jovens trans a conseguirem sua primeira oportunidade no ramo de tecnologia, conforme explica Thomas Raphael de Oliveira, 21 anos. “É preciso fazer mais que falar não à discriminação. É necessário dizer sim à diversidade por meio de práticas inclusivas para reconhecer a dignidade de todas as pessoas”,  explica o rapaz que, nesta semana, conseguiu sua primeira oportunidade de estágio, devido à rede de relacionamentos que desenvolveu durante o curso.

Para saber mais, e ficar atento as novidades e possíveis novas turmas, fique de olho nas redes sociais da CA Technologies clicando aqui.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!