A história do britânico Scott Purdy, de 23 anos, foi noticiada mundo afora nesta semana: ele afirmou ter “virado gay” após ter tomado analgésico na recuperação de uma fratura em um dos pés. (relembre aqui a caso)

Scott revelou o ocorrido à namorada e terminou um namoro, dizendo que “ela entendera, do jeito que fora possível”.

O pai de Scott, entretanto, contou outra versão ao “Daily Mail”. Para Nigel, de 57 anos, “ele sempre gostou de homens”.

O britânico comentou que ele e a esposa acreditavam que o filho fosse bissexual, após ele confessar que havia “experimentado” um rapaz.

“Agora ele diz que é gay. Eu não sei por que ele esperou tanto para sair do armário. Toda a sua vida foi uma mentira”, declarou o morador de Louth (Inglaterra).

No Facebook, Scoott reagiu dizendo não ter feito sexo com um rapaz aos 17 anos.

“Nunca dormi com um homem. Eu pretendo, mas ainda não aconteceu. Se eu fosse gay a essa época não seria possível contar ao meu pai, que há anos nada faz a não ser criticar gays e chamá-los de bichas”, retrucou.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!