Que sexo é uma coisa maravilhosa a gente já sabe, não é mesmo?! Pra não fazer feio com o boy, precisamos sempre inovar, então as posições sexuais podem ajudar a dar uma apimentada na relação.

Hoje vamos falar de uma posição um tanto quanto inusitada, mas que promete trazer sensações diferentes para ambos: o EDIcóptero. Não, você não enlouqueceu ou leu errado.

A técnica, que não é muito praticada no Brasil, consiste em basicamente posicionar o edi no pau do parceiro de modo que seja possível fazer movimentos livres de rotação com o corpo todo. Isto é, vai girando em círculos.

A pessoa fica encaixada no ‘eixo vertical’ em uma altura que seja confortável e, ao mesmo tempo, proporcione prazer. Ou seja, o passivo gira em torno do ativo, que está deitado em uma superfície estável.

O outro lado da moeda

Bom, se você é o ativo e quer surpreender o seu parceiro, pegue-o, faça-o deitar de barriga para baixo e então, hora de meter a vara. Estique a pélvis em cima da bunda do parceiro, flexionando os joelhos e esticando um pouco os pés.

Depois mexa o corpo circularmente, utilizando as palmas da mão para manter o equilíbrio e facilitar a mobilidade durante o giro.

Aproveite o fim de semana e coloque esta dica em prática!

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!