Já passou da hora de colocar em prática aquelas metas de fim de ano e, finalmente, dar início a uma atividade física. Antes de sair por aí se exercitando, porém, é recomendável seguir algumas instruções. Começar não é simples, pois é preciso sair da zona de conforto para fazer uma atividade que gasta energia. Ou seja, é preciso ter força de vontade e gostar do que está fazendo. Sentir prazer durante a prática de exercícios é fundamental para dar continuidade aos treinos.

Muitas pessoas que nunca fizeram exercícios físicos se sentem desestimuladas a sair do sofá e a largar o sedentarismo. Mas, a prática de atividades físicas proporciona vários benefícios que passam pela melhora da qualidade de vida e pelo aumento da autoestima de quem realiza os exercícios. Já a falta de exercícios físicos pode acarretar problemas já conhecidos como o aumento de peso e o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Por isso, vale a pena começar hoje um planejamento e incluir modalidades que ofereçam prazer e melhoria da qualidade de vida.
Ter objetivos ao iniciar uma atividade física é sempre um ponto motivador, mas desde que as metas sejam realistas. “O mais indicado é definir metas e objetivos mais à curto prazo, tipo correr um quilômetro em um mês e, mais a frente, definir as de longo prazo, para daqui a um ano. Começar a prática de exercícios físicos pode ser algo bastante difícil e desanimador para alguns, mesmo com a consciência de que os exercícios fazem muito bem para o corpo e a alma. No entanto, normalmente é algo adiável e que sempre faz parte das metas para o ano seguinte, mas dificilmente essas metas saem do papel”, esclarece Diego Leite de Barros, fisiologista do esporte do HCor (Hospital do Coração).

Tenha objetivos e metas

Com ou sem indicação médica, a prática de exercícios é realmente um hábito saudável e que precisa ser incluída no dia a dia das pessoas. Pessoas que têm uma atividade física diária estão mais preparadas até para outras atividades mais prazerosas como sair para dançar ou viajar. “O exercício físico garante mais qualidade de vida, pois fortalece os músculos e ajuda a manter o peso e a queimar calorias, auxiliando no tratamento de doenças”, aconselha o fisiologista do esporte.

Consulte um médico e respeite os seus limites

Antes de começar uma rotina de exercícios é indispensável consultar um médico que avaliará a sua saúde. Este deve verificar a sua faixa etária, o seu histórico de exercícios físicos anteriores, a presença de doenças nas articulações ou doenças associadas, as motivações e as preferências de cada paciente. “Geralmente, indivíduos que não praticam esportes ou outras atividades físicas devem começar a se exercitar aos poucos, respeitando os limites do seu corpo. É uma maneira de evitar lesões e também da pessoa ficar desestimulada e muito dolorida durante a mudança na rotina diária”, alerta.

Dicas para fugir do sedentarismo:

  • Antes de iniciar a prática dos exercícios, procure um médico para que ele possa avaliar sua saúde através de exames e lhe autorizar a iniciar suas atividades. Esta é uma fase muito importante para garantir que não haja qualquer problema durante sua atividade física;
  • Com o aval do médico, procure a academia ou o profissional indicado para iniciar a nova fase. Lembre-se que a maioria das academias lhe dá o direito de participar de uma aula gratuita para que você possa analisar se gosta, e se é este o local que quer para iniciar seus exercícios;
  • Comece pensando nas atividades que você mais gosta. Pode ser que prefira estar em contato com água, ou goste mesmo da prática de algum esporte mais específico, como futebol, vôlei, basquete ou tantos outros, ou ainda prefira mesmo malhar em uma academia com a ajuda de um profissional. Com essa resposta em mente você já pode definir por onde começar;
  • Converse com seus amigos, talvez alguns deles também tenham o desejo ou a meta de iniciar os exercícios, mas ao mesmo tempo não tenham a coragem necessária para iniciá-los. Vocês poderão juntos começar a prática destes exercícios. A companhia de um amigo incentiva e cria um compromisso com o outro de não deixarem a atividade física de lado;
  • Tenha coragem e inicie seus treinos com determinação. Não deixe que o mau tempo ou uma simples indisposição possam lhe afastar de suas metas. Mantenha o foco. No começo é normal que se sinta um pouco dolorida, mas trata-se de uma dor passageira e que com o passar do tempo deixará de existir. Não desanime, esforce-se em praticar com a constância que se determinou inicialmente.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!