Inúmero estudos sobre pensamentos negativos já foram feitos, envolvendo pessoas de todas as idades, em várias partes do mundo. E todos os resultados apresentados mostraram que estes tais pensamentos negativos podem ser tão contagiosos quanto uma gripe, por exemplo. Mas calma, pode ser de uma maneira bem diferente daquela que você pode estar pensando.

Um desses estudos foi realizado pela Universidade de Notre Dame, em Indiana. Psicólogos analisaram um grupo de jovens e identificaram que, de fato, a tendência das pessoas para interpretar situações e informações sob uma ótica negativa, pode ser contagiosa.

Os resultados obtidos pelos pesquisadores da Universidade de Notre Dame apontaram que jovens de repúblicas, por exemplo, que convivem com um colega que apresenta altos níveis de vulnerabilidade cognitiva, ou seja, uma capacidade relativamente baixa de reagir positivamente a situações de estresse, acabam ‘contraindo’ a tendência de ver as coisas sob uma perspectiva mais negativa.

De acordo com Haeffel, um dos pesquisadores envolvidos nesse estudo, “isso sugere que conviver com pessoas que têm padrões cognitivos mais ‘adaptativos’ pode, por outro lado, ajudar a combater a depressão”. Em outras palavras, o bom mesmo é procurar a convivência com pessoas que tenham uma visão de mundo mais positiva.

Dicas para evitar pensamentos negativos

Pense e reflita

Pensamentos negativos costumam ser recorrentes pela simples falta de uma avaliação mais racional da situação. Se existe algo errado, procure analisar aquilo de fora, como se não estivesse vivendo o problema. Tente se colocar no lugar de outra pessoa, observando aquela situação. Como ela reagiria?

Na maioria das vezes, você será capaz de enxergar a dimensão que damos as coisas nem sempre representa o tamanho real delas.

Não se submeta

Pesquisas indicam que a quantidade de pensamentos negativos é muito superior a de pensamentos positivos. E mais: que a tendência a nos prendermos mais aos ‘negativos’ do que aos ‘positivos’ é bem maior.

Somos incapazes de não ter pensamentos negativos, mas a diferença está na forma como vamos lidar com eles. Uma boa saída é usá-los para se motivar a tomar uma atitude mais acertada e positiva em relação a situação.

Pessoas positivas

Por fim, é aquele velho ditado: ‘se quer ser rico viva como os ricos, pense como ricos e principalmente conviva com os ricos’. A mesma coisa pode ser aplicada aos pensamentos negativos.

Se você já está com a mente cheia deles e convive apenas com pessoas de pensamento igual nada vai mudar. Procure melhorar o circulo de amizades buscando por relações mais prazeirosas, construtivas e conquiste uma mente saudável.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!