Você sabia que o ambiente em que vivemos afeta diretamente a maneira como nós somos? O conjunto de características do grupo em que estamos inseridos influencia na maneira em que nos comportamos como seres humanos.

Quem afirma isso é Jim Rohn, um famoso empreendedor, autor e palestrante motivacional que certa vez cunhou uma das frases mais utilizadas no mercado de desenvolvimento pessoal: “Você é a média das cinco pessoas com quem passa mais tempo”.

Obviamente, essa afirmação não tem base científica, mas ela passou a ser amplamente aceita e reconhecida como verdadeira. Pare para pensar um pouco. Olhe ao seu redor agora. Você acredita que as pessoas em seu entorno podem afetar o caminho do seu futuro e da sua carreira?

Bom, você há de concordar que todos nós precisamos de familiares, amigos e mentores em nossas jornadas, no entanto, algumas dessas pessoas podem ter um impacto negativo nas nossas vidas, mesmo que inconscientemente.

O que isto significa?

O seu ambiente — especificamente as pessoas inseridas nele — tem um enorme impacto em quem você se torna. Nossa vida social tem grande relação com os resultados que alcançamos. Tem relação com a concretização ou não dos nossos objetivos e aspirações.

Em tese, cercar-se de pessoas saudáveis, inteligentes, desafiadoras e interessantes provavelmente o tornará como esses caras. E o oposto também é válido. Você deve se afastar de pessoas negativas e que não estejam alinhadas com sua mentalidade. Menos “isso não vai dar certo” e mais “tem alguma maneira em que eu possa te ajudar a conseguir isso?“.

Por exemplo: se você está cercado de pessoas que não se preocupam com a saúde, certamente esta também não será uma preocupação sua.

Claro, ninguém está sugerindo que você abandone familiares e amigos que se enquadrem nessas descrições. Talvez eles não estejam alinhados com seu grande objetivo de vida, mas vocês podem crescer juntos em alguma área específica de suas vidas. Ou talvez a relação de vocês esteja baseada apenas no lazer — e não tem problema algum nisso. Porém, busque novas formas externas de encorajamento e deixe os conselhos para quem está na mesma sintonia.

Por que é importante?

Você tem o poder de controlar quem você se torna. Não só a nível interno através do desenvolvimento pessoal, mas ao escolher com quem você passa mais tempo. Se seu círculo de amizades tiver pessoas mais espertas que você, mais ricas, mais saudáveis e mais bem sucedidas, há uma grande chance de se tornar como essas pessoas. Por outro lado, se seu círculo interno é formado por pessoas negativas, fofoqueiras e preguiçosas, provavelmente este será o conjunto de coisas que o futuro reservará pra você — e aí não adianta esperar que algum milagre aconteça.

O poder do nosso ambiente é tão grande que pode influenciar toda a sua vida. Se você quer ficar rico, ande com pessoas ricas. Agora, se quer ter uma vida minimalista e desapegada, fique longe desses caras. Tudo o que você quer para o seu futuro pode ser moldado através das relações humanas que você tem no seu dia a dia. Eu acredito nisso. E você?

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!