Todo relacionamento tem altos e baixos e a gente sabe disso. A questão é que mesmo quando as coisas vão de mal a pior, a gente tenta fazer as coisas darem certo. Acho até que no fundo, a gente insiste no erro e ignora os sinais.

Não tem jeito, quando o relacionamento esfria, mais cedo ou mais tarde ele vai chegar ao fim. Então, será que vale à pena segurar um namoro ruim ou doente só porque temos medo do que vem pela frente?

Por isso, listei alguns sinais que mostram que o namoro já acabou. Leia com atenção e reflita. Às vezes, é melhor acabar com tudo agora, do que permanecer sofrendo e depois se arrepender.

1. Você deixou de ser feliz

Parece óbvio, mas sei que aqui tem muita gente que está infeliz no relacionamento, mas não termina por conveniência, pelo simples fato de estar acostumado com a rotina e por medo de encarar o novo.

Pode até ser que algumas pessoas estejam em desacordo com isso, mas quando você deixa de ser feliz, está na hora de acabar com as coisas. Relacionamentos – como a própria vida – devem ser apreciados, não sofridos. Mesmo que ele seja um cara perfeito, às vezes você simplesmente não está feliz, e está, talvez, tornando-o infeliz. Ninguém quer namorar com alguém que não está feliz.

2. Ele não é mais feliz

Às vezes a gente custa a acreditar, mas sim, ele não está mais feliz. Não queremos pensar em que momento ele percebeu que não era mais feliz, mas nós sempre temos uma boa ideia de quando isso aconteceu. E é aí que a gente se cobra, fazendo vir à cabeça, todas as coisas que deveríamos ter feito de forma diferente ou todas as coisas ruins que não deveríamos ter dito, mas agora esses pensamentos não mudam nada.

Isso é uma coisa muito dolorida. É incrivelmente doloroso deixar alguém ir, alguém que você ama e quer ficar junto. Mas se você realmente o ama, você quer que ele seja a pessoa mais feliz deste mundo, mesmo que isso signifique deixá-lo ir embora.

3. Você se tornou mudo

Outro fator básico, mas é verdade. Um relacionamento não durará sem comunicação. Pode até ser que você consiga arrastá-lo por mais um tempo, mas ele vai chegar ao fim. A comunicação é a força vital de um relacionamento, e quando vocês não têm mais diálogo, ele morre.

Isso não significa que você precisa estar a fim de conversas longas todos os dias, mas precisa estar ao menos receptivo para escutar o que o outro quer dizer. Além disso, quando você deixa de dividir com ele, assuntos que antes faziam parte de uma conversa, o relacionamento acabou. Vai por mim!

4. Seus planos não o incluem

Este é um dos meus sinais pessoais de que é hora de terminar. A partir do momento em que seu companheiro não aparece nos planos que você faz para o futuro, preste atenção no sinal de alerta.

Seja este plano uma viagem, vida noturna ou qualquer coisa do tipo. Se tudo que você pensa em fazer, ele está excluído, repense seu relacionamento. Talvez tenha se tornado um fardo e você não se deu conta.

5. O sexo já não é o mesmo

Claro que com o tempo de relacionamento, o sexo pode mudar. É normal. Mas quando o que parecia ser o mais excitante da relação passa a ser motivo de divergência entre vocês, é hora de parar. Se o tesão já não existe mais, pare!

De repente, aquele sexo gostoso e totalmente livre, abre espaço para uma visão mais conservadora e até mesmo sem sal. Pode ter certeza que algo não vai bem. Isso acontece bastante até mesmo com os relacionamentos mais curtos, principalmente, quando nascem dos aplicativos. A gente acha que conhece o boy, mas no fundo, ele pode ser bem diferente.

7. Ele é agressivo

Amor, sejamos claros quanto a isso. Se o cara te bate, sai fora desse relacionamento AGORA!

Até sei que vocês vão brigar, ele vai se desculpar e você todo apaixonadinho, vai perdoar. Mas se a base do relacionamento é o respeito, a agressão física é a total ausência dele.

Ser agredido por alguém que você pensou que poderia confiar é extremamente traumático. Não não tente se culpar, muito menos acredite quando ele disser que você causou tudo isso. Você não tem culpa. Ele tem. Apague-o da sua vida.

Caso ele te deixe apavorado, a ponto de você temê-lo. Conte aos seus amigos, eles podem te ajudar. Não se isole!

8. Intenções diferentes

Qual é o seu objetivo no relacionamento? Qual é o dele? Pois é, às vezes você quer muito namorar sério e o boy só quer saber de pegação. Apesar dos seus esforços para seduzir ele de vez, não adianta, o cara te dá vários perdidos e não quer te assumir.

Se você se identificou com isso: pule fora.

Sem pressão, muito menos pressa. Sinta a relação e depois, na hora certa, pergunte sem medo o que o cara quer. Se você topar entrar no jogo dele, vai ter que encarar isso sem reclamar.

9. Ele é controlador

Você não precisa de fato apanhar para perceber que está em um relacionamento abusivo. Alguns namorados acreditam que oficializar a relação os tornam automaticamente donos dos parceiros. E isso não é verdade (pelo menos, não deveria ser).

Existem casos em que ele é tão controlador, que quer te manter longe dos amigos e até mesmo dos seus familiares. Se você percebeu que isso está acontecendo, termine. Não acredite que ele vai melhorar, porque não vai.

Termine antes que sua vida vire um inferno.

10. Traição

Com exceção do poliamor consentido, se você não está preparado para ter um relacionamento aberto ou plural, se posicione e saia dele antes que você se apaixone demais para reagir.

Infidelidade sexual e infidelidade romântica são duas coisas diferentes. O primeiro, aparentemente, tem menos peso que o outro. Afinal, uma aventura sexual pode ser algo passageiro, mas quando envolve sentimento, o seu também estará em jogo.

Algumas vezes, quem trai e se apaixona, demora a dizer que isso aconteceu. Bom, acho até que muitas vezes sequer contam. Falta coragem, honestidade, caráter…tudo. Enquanto isso, seu sentimento vira brinquedo na mão de criança. Por isso, se você se enquadra no estilo monogâmico de amor, não se preste a esse papel. Lembre-se do motivo número 1 dessa lista, termine se você não estiver feliz!

 

 

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!