O jogador de futebol Liam Davis, que atualmente é meio-campista do Cleethorpes Town, time do Reino Unido, aconselhou outros jogares a não temerem sua sexualidade.

Davis, que é assumidamente gay, admitiu que sobre ataques dos rivais de campo, mas insiste que as atitudes em defesa dos homossexuais no futebol estão progredindo cada vez mais. “Sempre foi sobre o futebol. O que fazemos no campo deve permanecer no campo. O que você faz fora do campo é a sua vida “, afirma.

De acordo com o Independent, o jogador de 27 anos incentiva que outros jogadores tomem coragem e saiam do armário. Sua manifestação faz parte da campanha “Equal Game” da UEFA, que promove maior inclusão e diversidade no esporte.

 

“Meu conselho para um jogador gay, em qualquer nível ou qualquer padrão, é apenas ser ele mesmo”, disse Davis.

Davis ainda diz que não é preciso se preocupar demais ou pensar demais sobre o assunto. “Não acho que seja um problema tão grande como você pensa”, afirmou.

O atleta também diz que não pensou no futebol na hora de sair do armário, mas sim no quanto era necessário mostrar quem era de verdade. “Era apenas uma questão de: isso é quem eu sou e acho que é a hora de dizer às pessoas sobre isso”, conta.

 

Completando, a posição da Uefa contra a discriminação, o presidente Aleksander Ceferin disse: “Não toleramos qualquer tipo de comportamento homofóbico, racista ou sexista, e sempre defenderemos valores como a diversidade, igualdade de gênero e inclusão social”.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!