Na última quarta-feira (20), a Comissão de Constituição e Justiça, da Assembleia Legislativa da Bahia, aprovou um projeto de lei que aprova o Dia Estadual do Orgulho Heterossexual.

O autor do projeto é o deputado Pastor Isidório, do PSC, que é famoso por se intitular ex-gay e que vive fazendo críticas às pautas LGBT. Na proposta dele, a data comemorativa ocorreria sempre no terceiro domingo de Dezembro.

“Estamos na vigência da semana dessa data muito importante que visa entre outros fatos valorizar a preservação da espécie humana, acabando assim com qualquer tipo de discriminação contra os heterossexuais. Além de sublimar a livre manifestação das famílias, daqueles que respeitam as opções sexuais de quem quer que seja, mas querem deixar claro a sua opção e não irão se envergonhar dela: HOMEM + MULHER = FILHOS”, disse através de sua assessoria de comunicação.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!