Quem acompanha o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro vai poder ver a estreia da transexual Kamilla Carvalho no posto de musa da Salgueiro. Ela fará sua estreia na Avenida, completando o time ao lado de outras sete beldades. No último domingo (10), na Feijoada da Vermelho e branco, ela brilhou antecipando o que pretende fazer na Marquês de Sapucaí.

“Estou sendo muito bem recebida. Sou observadora e perceberia qualquer tipo de preconceito. Estou ansiosa para a estreia e agora é me preparar para honrar o posto”, disse Kamilla, de 30 anos ao Extra.

Desde os 22, essa carioca nascida no Morro da Providência vem transformando o corpo. Ela só descarta ir mais além e fazer a de cirurgia de redesignação sexual: “Nunca fiquei na dúvida sobre o que eu era, mas não tenho coragem de fazer a cirurgia ”.

Kamilla trabalhava como cabeleireira quando conheceu Regina Celi, presidente da escola. O convite para virar musa veio logo em seguida. Ela já tinha desfilado no Salgueiro como composição de um carro alegórico, mas agora a visibilidade é outra: “Me inspiro muito na Fábia Borges (ex-rainha da Unidos da Tijuca) e, claro, na Viviane Araújo, principalmente em sua trajetória, de uma mulher que deu a volta por cima”.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!