Certamente, em algum momento da vida, você já teve que prender um espirro por qualquer motivo que seja. Mas os médicos alertam para os riscos que esse simples ato pode ocasionar para sua saúde.

“Fechar o nariz para não espirrar não é recomendável. Um espirro bloqueado pode machucar o diafragma, romper um vaso sanguíneo na córnea, romper o tímpano e causar surdez e tontura. Existe a descrição de um paciente que teve duas vértebras quebradas ao segurar um espirro” explica a doutora Estelita Betti, otorrinolaringologista do Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo, em um artigo publicado na revista Plos.

Segundo a médica, quando interrompemos o ato de espirrar, o ar que o organismo quer colocar para fora pode voltar e causar danos no sistema auditivo e até respiratório.

Mas afinal, por que espirramos?

Os médicos explicam que, expirar é um ato absolutamente normal do organismo. Quando os sensores nasais captam algum corpo estranho, que podem ser: bactérias, vírus, ou apenas partículas de poeira, automaticamente nosso sistema de defesa é ativado, avisando que é necessário expulsar os intrusos. Para que nossa respiração continue saudável.

Por isso, é muito comum toda vez que há um espirro, alguém sempre soltar a palavra mágica: saúde.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!