No começo do mês, Wendell Melton decidiu matar seu filho Giovanni Melton, de apenas 14 anos, por conta do garoto ser gay. De acordo com o que o pai do garoto disse, ele preferia ver seu filho morto do que ter um filho gay.

Segundo o Mail Online, o crime aconteceu depois dos dois discutirem por conta do namorado de Giovanni. “Ele odiava o fato de que seu filho era gay”, afirma a mãe adotiva de jovem, Sonia Jones, aos policiais.

Segundo os vizinhos, a policia recebeu um chamado e ao chegarem no local encontraram o garoto gravimente ferido. Ele foi levado às pressas para o hospital onde não resistiu.

Wndell foi preso no dia seguinda (3), e é acuso de homícidio, abuso de menor e porte ilegal de arma de fogo.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!