No ar na novela “O Outro Lado do Paraíso”, da TV Globo, como a curandeira Mercedes, Fernanda Montenegro deu uma entrevista ao site Notícias da TV, onde relembrou uma das mais importantes personagens de sua carreira, Teresa de “Babilônia”.

Pra quem não lembra, trata-se da lésbica que era casada com Estela, vivida por Nathália Timberg, em 2015. Na época, as duas foram duramente criticados pelo público mais conservador.

“Eu acho que o público sempre aceita o jovem gay, mas duas senhorinhas lésbicas, de oitenta e tantos anos, e ainda trocando um ligeiro beijo na boca, isso foi um escândalo maluco, inexplicável, assustador. A gente pensa que o mundo caminha, mas não. Há preconceito para não mostrar isso na idade mais velha. Pensam: ‘Vamos deixar na mocidade, até os 40 anos é suportável e, depois disso, pelo amor de Deus! Não me faça esse desaforo’”, disse Fernanda.

A atriz ainda comemorou a repercussão positiva de Ivan, interpretada por Carol Duarte em “A Força do Querer”. Para Fernanda, qualquer proibição nas artes são atos reacionários. “O careta tem todo direito de ser careta, mas o fato de querer extinguir o contrário é amedrontador”, afirmou.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!