Fernanda Montenegro falou sobre o sucesso de “A Força do Querer”, novela que precede “O Outro Lado do Paraíso”, trama em que estará no elenco, e comentou sobre o núcleo que envolve a Ivana (Carol Duarte), que passou pela transição de sexo e passou a se chamar Ivan (Carol Duarte).

Em entrevista ao jornal “Extra”, a mãe de Fernanda Torres comparou a boa aceitação da personagem de Glória Perez com a rejeição que ela sofreu quando interpretou ao lado de Nathália Timberga, em “Babilônia”, um casal de lésbicas sexagenárias.

O público aceita o jovem gay, mas um ligeiro beijo na boca entre duas senhorinhas, de oitenta e tantos anos, foi um escândalo maluco, inexplicável, assustador. A gente pensa que o mundo caminha, mas não caminha“, criticou, recordando a repercussão negativa da cena em que as personagens Estela (Timberg) e Tereza (Montenegro) trocam um beijo na boca, logo no primeiro capítulo.

O preconceito não permite mostrar isso na idade mais velha. Vamos deixar na mocidade. Até os 40 anos é suportável. Depois disso, pelo amor de Deus! Nem beijo na boca, mesmo o casal estando casado há 70 anos, não me faça esse desaforo“, completou.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!