Uma nova leva de pesquisas confirmou o que havia sido confirmado em julho: pacientes soropositivos, mas com carga viral indetectável, possuem taxas de transmissão de vírus completamente negativa.

O resultado dos estudos foi oficializado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos Estados Unidos. Sendo assim, e sexualmente falando, portadores do vírus que já estiverem em tratamento não transmitem o HIV para seus parceiros.

“Em três estudos diferentes, incluindo milhares de casais e atos sexuais sem preservativo ou profilaxia pré-exposição (PREP), não foram observadas transmissões de HIV para um parceiro HIV negativo quando a pessoa HIV-positiva foi reprimida viralmente”, diz o comunicado da CDC.

O resultado da pesquisa foi recebido com entusiasmo para os estudiosos do vírus. Com a disseminação da informação, a expectativa é de seja diminuído o estigma que os soropositivos carregam.

Ainda assim, o CDC alerta de que a não transmissão só acontece se o soropositivo tiver carga viral indetectável, ou seja, com o tratamento sendo feito com bastante rigor. Portanto, vale a máxima: cuide-se sempre, tome todos os medicamentos se for necessário e use camisinha!

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!