Ganhando cada vez mais adeptos ao redor do mundo – inclusive celebridades –, a dieta Low Carb possui diferentes variações, todas com objetivo de reduzir o consumo de carboidratos na alimentação e aumentar o consumo de proteínas.

Essa dieta se torna eficiente para quem busca emagrecer, uma vez que permite um melhor funcionamento do metabolismo. A partir do momento em que ele funcionar melhor, ajuda na redução da inflamação do organismo e no combate a retenção de líquidos.

Embora leve esse nome, para fazer essa dieta não é preciso eliminar totalmente os carboidratos da alimentação. Frutas, verduras, legumes, leite, queijos, ovos, peixes, carne e frango, além de sementes e grãos em geral e muito líquido estão incluídos, em quantidades moderadas.

Agora, os fãs de açúcar, cereais, gorduras trans e adoçantes artificiais terão que limar alimentos que os tenham como base, assim como todo tipo de alimentos industrializados. Todos eles possuem alta concentração de carboidratos, o que vai contra a dieta.

Um dos principais benefícios da dieta é a maior saciedade que ela causa, pois, o aumento no consumo de proteínas e gorduras afasta a fome por mais tempo. Além disso, baixa níveis de colesterol e triglicerídeos, aumenta o bom colesterol, ajuda no controle da diabetes e melhora o funcionamento do intestino por conta dos alimentos integrais.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!