O município de Hell, no Michigan (EUA) tem uma lei que permite que qualquer um que pague uma taxa de US$ 100 se torne o prefeito do lugar por um dia. E foi o que fez o YouTuber Elijah Daniel – e o resultado não foi dos melhores.

Tudo porque quando assumiu como ‘prefeito’ do lugar, a primeira medida de Daniel foi banir os heterossexuais do município. “Como o prefeito atual de Hell, Michigan, eu declaro o banimento de todos os heterossexuais de entrarem em nossa cidade”, disse o então político em um tweet.

Foi a deixa para que o mandato simplesmente durasse pouco tempo: moradores de Hell entraram com um pedido de impeachment contra Elijah. Na verdade, demorou menos de uma hora para que o anúncio fosse feito.

Depois de deposto, o YouTuber explicou que a medida não passou de um protesto contra as medidas adotadas por Donald Trump contra os muçulmanos no país. “Eu sempre cresci ouvindo que os homossexuais iriam para o inferno. Agora os heterossexuais estão querendo tomar isso da gente também”, explicou.

[manual_related_posts]

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!