Um estudo feito pelo Centro Nacional de Biotecnologia dos Estados Unidos comprovou que aquela engordadinha básica depois do casamento tem nome: felicidade. E o resultado foi feito com base em 169 recém-casados que foram observados durante quatro anos.

Durante o período, foram observadas características como o peso dos participantes e os sentimentos dentro do matrimônio.  E o resultado? Os casais mais gordinhos permaneceram juntos, enquanto os mais fitness apresentaram tendência maior a romper o relacionamento.

A justificativa, segundo os especialistas, é que casais felizes tendem a perder a preocupação de estar em forma e, consequentemente, atrair a atenção e conquistar o afeto do parceiro, ao contrário dos que são mais fitness, que segundo eles, preocupam-se com a forma para “voltar ao mercado”.

O peso extra, no entanto, não deve ser enxergado como saudável: é preciso garantir a preocupação e monitoramento com o bem estar e não permitir que isso algo prejudicial, já que o aumento dele pode gerar complicações como doenças cardiovasculares e outras preocupações. Um relacionamento duradouro e feliz comendo bem é sempre bom, mas é mais importante ainda que os pombinhos pensem sempre na saúde, e não apenas em sua imagem ou em seu poder de atração.

[manual_related_posts]

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!