Ainda falando sobre o retrocesso no Brasil, Jout Jout aproveitou todo sua influência na internet para dar seu parecer sobre a liminar que visa tratar gays e lésbicas como doentes.

Com isso, os psicólogos tem a livre condição de tratar seus pacientes gays e lésbicas como doentes em suas sessões, podendo até usar de uma “reorientação sexual”.

Diante disso, a Youtuber correu para sua plataforma direita com seus fãs e lançou: “A gente não deveria estar discutindo sobre os direitos dos robôs”, disse ela fazendo uma metáfora com o pensamento retrógrado das pessoas em relações a gays serem vistos como aberrações na sociedade.

“O mundo não está aí pros seus olhos ficarem confortáveis. E se seus olhos não estão confortáveis, com duas pessoas que você não quer ver se relacionando na sua frente, você resolve seus olhos”, afirma Júlia. Ela ainda reforça que a lei, que não irá para frente, tende proteger apenas um olhar homofóbico, nada mais.

Ao longo do vídeo publicado ontem (19), Jout Jout ainda usa seu poder na internet para reafirmar: “O sexo é uma coisa tão intima. Então, quem é que ter que decidir? Não sou eu? Não é você?”.

“Essa lei não está protegendo ninguém! No máximo um olho preconceituoso”, rebate.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!