Zezé Di Camargo afirmou que nunca houve ditadura no Brasil, mas um “militarismo vigiado”. A estranha declaração foi feita durante entrevista ao canal da jornalista Leda Nagle, no Youtube.

“Vou falar um absurdo pra você, as pessoas vão me criticar, vão achar que sou um maluco. O momento que a gente vive hoje no Brasil… o Brasil lutou muito pela democracia. (…) Mas eu fico com pena de como nossos políticos usaram nossa liberdade que conquistamos, que era sair do militarismo, muita gente confunde militarismo com ditadura. Nós não vivíamos numa ditadura, vivíamos num militarismo vigiado”, disse. “Ditadura é Venezuela, Cuba viveu com Fidel Castro e até hoje vive (…) Coreia do Norte, China, esses são realmente ditadores. O Brasil nunca chegou ser uma ditadura daquela de ou você está a favor ou está morto”, concluiu.

Agora, vamos combinar, que lamentável ver este tipo de colocação sendo dita por um artista.  Zezé, querido! Se atualmente você pode cantar e compor suas músicas, fique sabendo que você só pode fazer isto com liberdade, justamente, porque muitas pessoas foram presas, torturadas e mortas durante o regime que você chamou de “militarismo vigiado”.

Veja o vídeo!

 

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!