A coisa não anda nada bem para o Facebook: um estudo feito pela empresa norte americana eMarketer apontou que pessoas entre 12 e 17 anos, e 18 e 24 anos estão trocando ele pelo – quase morto – Snapchat e Instagram.

A justificativa para a mudança é de que as duas ferramentas possuem recursos que estão mais favoráveis ao que adolescentes e jovens adultos utilizam para se comunicar atualmente. Quem permanece no Face são os “menos engajados”, e que usam pouco a rede.

O estudo vai em contrapartida aos números mensais de usuários da primeira rede criada ainda na adolescência de Mark Zuckerberg: o índice deve crescer 2,4% este ano, chegando a 172,9 milhões de usuários. Ainda assim, o grupo de pessoas que utilizam a plataforma entre 12 e 17 anos caiu 3,4% em relação a 2016. É o segundo ano consecutivo de declínio deste público.

[manual_related_posts]

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!