Vivendo o Zeca na novela “A Força do Querer”, Marco Pigossi revelou, em entrevista ao colunista Bruno Astuto, que não concorda com atitudes machistas do seu personagem na trama da TV Globo.

“Antes, ele não tinha humor, ficava num lugar mais sério. Zeca é muito machista, mas não é do mal. Ele tem uma visão equivocada sobre a mulher na sociedade. Os planos da Jeiza não incluem casar e ter filhos, ela tem uma carreira. Eu sou homem, querendo ou não, faço parte dessa sociedade machista. O que temos de fazer é ouvir as mulheres e nos colocarmos no nosso lugar”, afirmou o galã.

O global ainda contou que tenta amenizar o jeitão machista do caminhoneiro que tem um relacionamento com a policial Jeiza (Paolla Oliveira), usando uma pitada de bom humor:  “Eles fogem do casal normal, da forma como se atraem, o tesão que sentem. Se ele ficasse muito bronco, poderia causar rejeição”, explicou.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!