O pastor Silas Malafaia afirmou que não fará negociações com políticos que queiram defender bandeiras como a do aborto, casamento gay, legalização das drogas e “ideologia de gênero”.

O depoimento foi feito ao lado do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e do prefeito da cidade, João Doria, ambos do PSDB. O religioso disse que não irá negociar os valores da família. Bastante aplaudido, alegou que ideologia de gênero é “engenharia do diabo feita para destruir famílias”.

Governador e prefeito estiveram na zona norte da capital paulista e participaram de um café com líderes evangélicos, onde depois acompanharam um culto e oraram com mãos erguidas com a bandeira do Brasil de fundo. A participação de ambos faz parte da corrida eleitoral já iniciada visando as eleições do ano que vem.

[manual_related_posts]

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!