Quem quer que seu relacionamento dê certo levanta a mão! Tenho certeza que geral tá balançando os braços pra lá e pra cá, afinal, nós viemos para esse mundo para amarmos e sermos felizes.

Agora, para que um namoro/casamento valha a pena é preciso que seja bom para ambos. E existem maneiras de fazer com que essa troca seja saudável e muito gratificante. Quer ver? Se liga nessa lista!

1 – A sua autoestima

O relacionamento saudável fornece uma base sólida que promove crescimento para que ambos alcancem o melhor possível tanto na vida pessoal como na profissional. Se você sente que o seu relacionamento dilui seus pontos fortes e coloca você “pra baixo” é um sinal de alerta para tomar uma atitude decisiva em favor da sua autoestima.

2 – Liberdade de escolha

Compromisso e parceria são fundamentais numa relação, por isso o ideal é que o casal busque sempre o consenso, mas é preciso atenção em relação a parceiros controladores. Nunca desista de suas opiniões e liberdade de escolha para manter outra pessoa feliz. Nenhum relacionamento pode ser saudável quando um dos cônjuges se anula.

3 – A própria individualidade

Nunca deixe de ser você mesmo! As pessoas mudam até certo ponto nos relacionamentos, mas é preciso ter cuidado para não acabar se perdendo. Quem ama você deve aceitar e respeitar a sua forma de ser. Não permita que o medo da solidão seja maior do que a sua felicidade genuína e isso jamais será possível sem respeito a sua individualidade.

4 – Sonhos e objetivos

Ninguém pode ser feliz desistindo de seus sonhos e, consequentemente, não pode manter um relacionamento saudável. Parceiros ciumentos e inseguros tentam sufocar uma mente criativa para manter o controle. Relações saudáveis são as que incentivam e ajudam as pessoas a avançar em busca da realização de seus objetivos e nunca o contrário.

5 – Poder de decisão

Em um bom relacionamento as pessoas conversam e respeitam as decisões um do outro. Se apenas um pensa e decide sobre tudo na vida em comum, algo está muito errado e as consequências podem ser desastrosas. Jamais aceite que sua voz não seja ouvida e suas opiniões sejam consideradas irrelevantes.

6 – Relações importantes

Claro que a vida a dois deve ser privilegiada e intromissões alheias não são bem-vindas, mas isso não significa isolar-se ou cortar elos com outras pessoas. O convívio saudável com familiares e amigos queridos são de grande relevância para a satisfação pessoal. Jamais se afaste das pessoas que você ama na ilusão de ser algo benéfico ao relacionamento amoroso.

7 – O respeito por si mesmo

Em busca do amor muitas pessoas ignoram suas crenças e valores. Acredite: nada pode ser tão frustrante. Ao longo da vida acumulamos experiências que formam paradigmas que orientam o nosso comportamento. Alguns podem e até devem ser quebrados; outros, em contrapartida, representam a nossa essência e devemos respeitar.

Os casais tendem a assimilar muita coisa um do outro, a compartilhar gostos e estreitar afinidades com o convívio, mas determinados valores, manias e comportamentos aprendidos se mantêm e devem ser respeitados.

Veja também:

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!